Entenda o financiamento de imóvel da Caixa

Por:

Para

MercadoJá

Ao procurar instituições financeiras para financiar uma casa ou apartamento, você pode considerar o financiamento de imóvel da Caixa. Entre os benefícios, o banco oferece uma das menores taxas de juros do país, permitindo que você tenha uma boa economia no seu negócio.

Saiba mais sobre como funciona o financiamento da Caixa e como você pode usá-lo na aquisição do seu imóvel.

Como funciona o financiamento de imóvel da Caixa

A primeira coisa feita quando você solicita o financiamento de imóvel na Caixa é uma análise de crédito. Nesta análise, você terá que apresentar comprovantes de renda, mostrando que poderá fazer os pagamentos do financiamento em dia sem comprometer o restante da sua renda.

Caso você não consiga comprovar renda ou, ainda que consiga, não passe na análise de crédito, você pode se planejar financeiramente e tentar novamente. Além disso, se você for correntista da Caixa, suas chances de aprovação aumentam. Por isso, considere a opção de abrir uma conta com o banco.

A contratação do financiamento imobiliário só pode ser feita se as parcelas mensais forem de até 30% da sua renda mensal. Sendo assim, caso você faça uma simulação e veja que as parcelas ficarão mais caras, talvez você tenha que ver outro imóvel mais barato. Uma alternativa é fazer renda extra para aumentar o seu orçamento mensal.

Como os juros do financiamento habitacional são calculados

O financiamento imobiliário é uma linha de crédito e, assim, cobra juros. Na Caixa, a taxa de juros é calculada considerando a sua renda e o preço do imóvel. Quanto maior a sua renda, mais juros você vai pagar.

O banco permite que você faça o financiamento a uma taxa de juros fixa ou use o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) para atualizar o seu saldo devedor. Neste último caso, as taxas variam entre IPCA + 2,95% e IPCA + 4,95% ao ano.

Não deixe de confirmar quais serão as taxas do seu financiamento antes de assinar o contrato e fechar o negócio com o banco.

Etapas do financiamento

Todo o processo de contratação do financiamento habitacional dura 30 dias, aproximadamente, contando a partir da entrega de toda a documentação ao banco. Veja quais são as etapas do processo.

1. Simulação

Ao encontrar um imóvel, o primeiro passo é fazer uma simulação e ter ideia de qual será o valor das parcelas da aquisição. Você pode fazer isso gratuitamente no próprio site da Caixa.

Nesta simulação, considere o valor de entrada, o valor do imóvel e a sua renda mensal. Assim, você poderá ver o resultado e ainda terá uma lista de imóveis que se encaixam no seu perfil de financiamento.

2. Cadastro e documentação

Com um bom resultado na simulação, reúna os documentos necessários e leve-os até a agência Caixa mais próxima para fazer a sua análise de crédito. Caso você queira utilizar o FGTS no financiamento, você também terá que apresentar o formulário específico para isso.

Vale saber que você ainda pode juntar duas rendas para fazer o financiamento. Caso o imóvel fique no seu nome e no nome de outro parente, como cônjuge ou filho, junte as rendas para comprovar um orçamento maior e ter mais chances de aprovação na análise de crédito.

Além disso, você também pode comprar um imóvel com seu namorado ou namorada, desde que os dois comprovem renda. Vocês não precisam ter nenhum vínculo formal para isso.

3. Pré-aprovação / Análise de crédito

Depois de entregar os documentos, a Caixa pode dar uma resposta sobre a análise de crédito entre dois e cinco dias. Caso você seja aprovado, você receberá todos os detalhes da sua compra, como prazo, os valores de entrada e das parcelas e a taxa de juros. Atente-se a estas informações, pois elas são importantes para o andamento do seu financiamento.

4. Avaliação do imóvel

Enquanto a Caixa analisa a documentação dos vendedores do imóvel, engenheiros avaliam o imóvel que você quer comprar. O laudo de avaliação é entregue no prazo de 15 dias, aproximadamente. Assim, a aprovação final leva de 20 e 30 dias.

Vale saber que a avaliação dos engenheiros é paga, e o valor deve ser pago por você.

5. Assinatura do contrato

Com toda a documentação aprovada e com a aprovação dos engenheiros, será possível assinar o contrato. Para isso, tanto você como os atuais proprietários do imóvel devem comparecer à agência da Caixa para assinar os papéis. Depois, você terá que levar o contrato para registrá-lo em um Cartório de Registro de Imóveis.

Esse registro também tem um custo. Portanto, além da avaliação dos engenheiros, você também terá que pagar pelo registro do contrato e ainda o ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis), que corresponde a 2% do imóvel comprado.

Como usar o FGTS no financiamento

Se você tem um bom valor acumulado no seu FGTS, você pode utilizá-lo para deixar o pagamento do financiamento mais leve para o seu orçamento.

São três opções possíveis: usar o dinheiro como entrada do financiamento, quitar a dívida parcial ou totalmente, ou pagar parte do valor das parcelas, reduzindo o seu valor em até 80% em 12 meses consecutivos. Veja a que mais te beneficia!

Posso tentar de novo se eu for reprovado?

Sim, você pode, porém, o prazo para você fazer isso vai depender do motivo da sua reprovação.

Se você reprovou porque está com dívidas atrasadas, você pode tentar de novo assim que quitar os débitos.

Já se você não conseguiu porque a avaliação dos engenheiros não aprovou o imóvel, você pode procurar outro imóvel ou esperar que o proprietário faça as mudanças necessárias.

Tipos de imóveis que a Caixa financia

É possível financiar imóveis novos e usados, residenciais ou comerciais e lotes urbanizados ou terrenos. Além disso, o financiamento também pode ser feito caso você queira construir, porém, neste caso, o terreno já deve ser seu.

Como você ainda terá que pagar outros valores além das parcelas do financiamento, como o registro do contrato e o ITBI, na Caixa, você também pode incluir esses valores no parcelamento, o que facilita bastante o pagamento dessas taxas.

Quem pode fazer um financiamento de imóvel da Caixa

Apenas correntistas podem fazer o financiamento de imóvel da Caixa. Apesar disso, mesmo que você tenha conta em outra instituição financeira, faça a simulação com a Caixa.

Caso o resultado seja favorável, considere abrir uma conta para conseguir fazer o financiamento e aproveitar as condições oferecidas.

Por que escolher a Caixa para financiar?

A Caixa oferece taxas de juros mais baixas se comparadas às taxas de outros bancos - é possível financiar um imóvel com taxas a partir de 8% ao ano. Dessa forma, você consegue pagar menos pelo financiamento.

Além disso, o banco público também oferece um bom prazo, pois permite que o comprador pague a dívida em 35 anos, o que nem sempre é possível com os concorrentes.

O Minha Casa Minha Vida é da Caixa?

Não, o programa é do Governo Federal. Neste caso, a Caixa, assim como o Banco do Brasil, é só uma instituição financeira intermediária.

Assim, dependendo da sua renda e do tipo de financiamento aceito pela construtora, você pode financiar o imóvel com a ajuda do Minha Casa Minha Vida.

Compare o financiamento imobiliário de outros bancos

Apesar de saber que a taxa de juros da Caixa é mais atrativa do que a de outros bancos, isso não significa que você deve ir diretamente a este banco sem conferir as condições oferecidas por outros bancos.

Além de fazer a simulação na Caixa, procure simular também no site de outras instituições financeiras. Assim, você recebe propostas diferentes e pode compará-las para fechar o melhor negócio.

Pensando em comprar um imóvel? Saiba quais são todos os gastos que você terá nessa aquisição!