Negociar dívida na Marisa: como conseguir

Por:

Para

MercadoJá

Clientes da Marisa com pagamentos de compras, faturas ou empréstimos atrasados precisam negociá-los o quanto antes para evitar possíveis negativações. A loja libera renegociações de valores online ou por telefone. Veja abaixo como negociar dívida na Marisa pelos canais disponíveis e regularize já sua situação.

Como negociar dívidas na Marisa

A Marisa libera cartões de crédito e empréstimos pessoais para seus clientes efetuarem compras nas lojas físicas e no comércio online da empresa. Entretanto, essas linhas de crédito são oferecidas em parceria com outras empresas, por isso, a negociação de dívidas é feita pelos canais de cada serviço. Veja abaixo como negociar as faturas do cartão de crédito e empréstimo pessoal. 

Cartões Marisa

O cartão de crédito das lojas Marisa está disponível em duas versões: o Cartão Marisa e o Cartão Itaucard Marisa com bandeira Mastercard.

Para negociar dívida no Cartão Itaucard Marisa, o cliente deve acessar a página de renegociações no site do Itaú, clicando em “Serviços”. Em seguida, selecionar o item “Renegociações de dívidas”. É preciso colocar o CPF ou número do cartão e localizar o contrato que deseja negociar. Após selecionar os débitos que deseja regularizar, basta confirmar o acordo e gerar os boletos para pagamento.

A negociação de dívidas do Cartão Marisa deve ser feita na central de atendimento da loja. Ligue para o (11) 4004-2211 (São Paulo e capital) ou então no 0800-728-1122 (para demais localidades) e negocie os pagamentos que estão em atraso. A central funciona de segunda a sábado, das 08h00 às 22h00. Aos domingos e feriados, das 12h00 às 20h00. 

Como negociar Empréstimo Pessoal Marisa 

A Marisa também oferece o empréstimo pessoal de até R$ 5 mil para os clientes pagarem compras e outras contas. A linha de crédito é oferecida pela Sax Financeira nas lojas da rede. Para negociar parcelas que estão atrasadas, basta entrar em contato pelo (11) 4004-2211 (São Paulo e capital) ou no 0800-728-1122 (para demais localidades) e fazer um acordo de pagamento.  

O passo a passo para negociar suas dívidas

A negociação de dívidas deve ser feita com planejamento, pois você deverá se organizar para quitar todos os pagamentos atrasados. Na primeira etapa, reúna todos os valores atrasados e descubra quanto está devendo. Depois, separe todos eles de acordo com a empresa ou categoria (água, luz ou serviços de telefonia, internet e TV). 

Logo depois de separar e calcular o total das dívidas, você deve descobrir a quantia que poderá pagar por mês em uma possível negociação. Esse passo é fundamental durante sua organização porque ele ajudará você a não se endividar novamente. Portanto, aperte o cinto para evitar novas dívidas e gastos que comprometam sua renda.

Quando estiver fechando um acordo com a loja, o banco ou a administradora do cartão, não aceite parcelas que sejam maiores do que você realmente pode pagar durante o mês. Além disso, evite atrasar os pagamentos da negociação. Caso tenha algum imprevisto e precise usar o valor destinado ao acordo, não deixe de avisar a empresa.

Uma alternativa para ajudar no pagamento das dívidas é fazer um empréstimo apresentando um bem como garantia ou optar por outra linha de crédito com juros menores, como o empréstimo consignado. Mas é importante tomar esses empréstimos com responsabilidade para não se endividar ainda mais.

Vale lembrar que, se o empréstimo com garantia não for pago, você pode perder o carro ou imóvel apresentado ao banco ou empresa. Por isso, fique atento!