IPVA São Paulo 2020: confira os prazos de pagamento

Por:

Para

MercadoJá

O começo do ano é um período em que devemos pagar certos impostos e contas específicas. O IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) é um deles e deve ser pago todos os anos por donos de carros e motos. Entretanto, cada estado possui regras e calendários diferentes para pagar o imposto. Pensando nisso, reunimos os prazos de pagamento do IPVA 2020 para quem mora no estado de São Paulo. Confira!

Calendário IPVA São Paulo 2020

A tabela abaixo mostra os prazos de pagamento do IPVA 2020 em São Paulo. Os proprietários de carros, motos, caminhonetes, ônibus, micro-ônibus e vans podem pagar o imposto em uma única parcela, com ou sem desconto, ou escolher o pagamento em três parcelas. Confira!

MêsJaneiroFevereiroMarço
ParcelaCota única com desconto de 3% ou 1ª parcelaCota única sem desconto ou 2ª parcela3ª parcela
PlacaDia do vencimentoVencimentoVencimento
Final 109/01/202011/02/202011/03/2020
Final 210/01/202012/02/202012/03/2020
Final 313/01/202013/02/202013/03/2020
Final 414/01/202014/02/202016/03/2020
Final 515/01/202017/02/202017/03/2020
Final 616/01/202018/02/202018/03/2020
Final 717/01/202019/02/202019/03/2020
Final 820/01/202020/02/202020/03/2020
Final 921/01/202021/02/202023/03/2020
Final 022/01/202024/02/202024/03/2020

Não moro em São Paulo. Como vejo os prazos do IPVA no meu estado?

O IPVA é um imposto cobrado pela Secretária da Fazenda dos estados brasileiros. Por isso, uma forma de verificar os prazos de pagamento do IPVA em sua cidade é ir até o campo de pesquisa do Google e inserir "secretaria da fazenda + o nome do seu estado". Em seguida, o proprietário do veículo deve procurar as informações do IPVA no site do órgão responsável do seu estado.

Opções de pagamento do IPVA 2020

Cota única

O pagamento do IPVA pode ser efetuado de uma única vez pelo motorista responsável por carros, motocicletas e outros tipos de veículos. É uma oportunidade de economizar, já que o pagamento à vista do imposto veicular terá descontos de até 10% em alguns estados. Em São Paulo, por exemplo, o IPVA fica 3% mais barato se for quitado em cota única no mês de janeiro.

Pagamento parcelado

Outra opção é utilizar o prazo de pagamento liberado pelo IPVA de três parcelas. Nesse caso, o proprietário pagará o imposto sem descontos, mas o valor pesará menos no orçamento durante o mês, o que pode ser um alívio no início do ano por conta de outras dívidas, como IPTU, seguro do carro e material escolar.

Pagar à vista ou parcelar o IPVA?

Não há como fugir do pagamento do IPVA, embora alguns veículos com mais anos de fabricação possam ficar isentos do imposto. As regras mudam de acordo com o estado onde o veículo foi registrado, mas, em São Paulo, carros com mais de 20 anos de fabricação não precisam pagar o imposto.

Contudo, o proprietário do veículo precisa se organizar e escolher a melhor forma de pagar o IPVA para não afetar o seu bolso. A cota única do imposto possui descontos que podem ajudar no orçamento, mas é necessário avaliar a possiblidade de fazer o pagamento à vista, tendo em vista outras contas pessoais.

Por outro lado, se estiver com o orçamento mais apertado ou a diferença com o desconto for pequena, parcelar o IPVA é o melhor caminho. Por mais que a dívida dure alguns meses, você terá a possibilidade de equilibrar o orçamento, sem atrasar o imposto veicular. Observe o preço do desconto (3% em São Paulo) e veja se o dinheiro não fará falta no final do mês.

Se acaso você escolher pagar o IPVA parcelado, fique atento às datas de vencimento. A primeira parcela deve ser paga em até 30 dias após a emissão do documento fiscal. Nos meses seguintes, você deve pagar a parcela até esse mesmo dia.

Junto com o IPVA, você paga também o seguro DPVAT, que está incluso na parcela única ou na primeira parcela, caso prefira quitar em três vezes.

Veja também!