Como resgatar dinheiro da Nota Fiscal Paulista (NFP)

Por:

Para

MercadoJá

Para resgatar dinheiro da Nota Fiscal Paulista (NFP), é preciso acessar o site do programa Nota Fiscal Paulista e solicitar a retirada dos valores. Porém, você não pode escolher o valor do primeiro resgate, pois o próprio sistema do programa decide isso. Entenda melhor como você pode ter acesso aos valores acumulados na NFP.

As etapas para resgatar dinheiro da Nota Fiscal Paulista

No primeiro acesso

Ao entrar no site da NFP, clique em "Acesso ao sistema" na coluna "Consumidor". Depois, selecione a opção "Cadastro Pessoa Física" e preencha os campos com os dados solicitados.

Feito o cadastro, você só precisa clicar na aba "Conta corrente" e depois em "Consultar" para ver quanto já tem acumulado. Para fazer o resgate, clique em "Utilizar créditos", também na aba "Conta corrente", e preencha os campos com os dados da sua conta bancária para fazer a transferência.

Como será o seu primeiro acesso e também o seu primeiro resgate, você não conseguirá editar o valor que será transferido para a sua conta corrente ou poupança, pois ele é preenchido automaticamente. Essa é uma medida de segurança, e nas próximas transferências, você já conseguirá transferir o valor total disponível.

O crédito é feito na conta informada em até 30 dias.

Vale lembrar que você também pode utilizar os seus créditos para abater o IPVA.

Nas demais vezes

Depois que você já fez o seu cadastro, é só entrar no site da NFP, clicar em "Conta corrente" e em "Utilizar créditos". Você deverá selecionar a opção que quiser (entre transferir para sua conta corrente, poupança ou utilizar para abater o IPVA) e depois preencher os campos com os dados solicitados.

Você só poderá transferir o saldo da nota fiscal paulista para uma conta corrente ou poupança que estejam no seu nome. Assim, fica mais difícil levar um golpe caso alguém tenha a sua senha de acesso.

Qual a origem do dinheiro do resgate

Quando você pede CPF na nota e tem a Nota Fiscal Paulista, o programa te devolve até 30% do valor do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Prestação de Serviços) pago nas compras realizadas.

Além de poder receber parte do valor de volta, você ainda participa de sorteios mensais sempre que fizer uma compra, independente do valor.

Cuidado! Caso você receba um SMS em seu celular informando que você ganhou o sorteio da NFP, desconsidere, pois pode ser uma tentativa de golpe. A Secretaria da Fazendo não envia SMS deste tipo.

Quem pode participar do programa NFP

Qualquer pessoa no estado de São Paulo que pedir para colocar o CPF na nota pode participar do programa. Não é necessário fazer nenhum cadastro prévio para participar e ter o CPF nas notas fiscais. Você só precisará fazer um cadastro para resgatar os valores acumulados.

Meu saldo está zerado. E agora?

Se você pediu CPF na nota e percebeu que o seu saldo ainda está zerado, tenha calma. O tempo para que o crédito seja processado pode não ser tão curto - às vezes, leva meses para a compensação. Por isso, espere mais um pouco e verifique novamente depois.

Além disso, não é toda nota fiscal que gera créditos. Neste caso, por mais que você não acumule créditos no programa, você ainda pode participar dos sorteios mensais.

De qualquer modo, fique tranquilo, pois é muito difícil que alguém roube os seus créditos. O fato de você só poder transferir os valores para uma conta que esteja no seu nome faz com que o sistema seja mais seguro.

Se mesmo assim você desconfiar que foi roubado, você tem como verificar isso clicando em "Conta corrente" e em "Consultar". Nesta parte, você vê o histórico de transferências e vê se realmente alguma transação foi feita sem a sua permissão.

Caso tenha acontecido isso com você, entre em contato com o atendimento do programa pelo telefone 0800 170110, ou registre uma reclamação clicando em "Registrar", na aba "Reclamação".

Como funciona o programa Nota Fiscal Paulista

Este programa tem como finalidade combater a sonegação de impostos no estado de São Paulo. Os participantes têm de volta até 30% do valor do ICMS pago em determinadas compras, mas para isso, precisam registrar o seu CPF na nota fiscal. Por isso, é comum que os caixas dos mais variados estabelecimentos comerciais perguntem aos clientes se eles querem o CPF na nota.

O cidadão que tem valores a retirar pode transferir o dinheiro para sua conta corrente ou poupança e usar o dinheiro como quiser, ou ainda, pode utilizar a quantia para abater o IPVA.

O processo de resgate do valor não é complicado, podendo ser feito facilmente pelo site do programa. Porém, o tempo para que o dinheiro seja creditado em conta corrente ou poupança é de um mês, aproximadamente.