Deu erro no depósito ou na transferência: o que fazer?

Por:

Para

MercadoJá

Dar erro no depósito ou na transferência é uma coisa que pode acontecer com qualquer pessoa. Às vezes, os números da conta de destino são colocados incorretamente, e isso faz com que o dinheiro retorne ou vá para a conta errada.

Veja agora quatro tipos de problemas com essas transações bancárias e saiba o que você pode fazer para solucioná-los.

4 tipos de erros em depósitos e transferências

1. O valor foi para a conta errada

Se você fez uma transferência e o valor foi para a conta errada, fale com o seu gerente ou com um atendente da agência e peça a devolução do valor. Você também pode tentar entrar em contato por telefone ou chat.

Vale saber que este problema nem sempre pode ser resolvido. Se o titular da conta de destino gastar o dinheiro, ele não poderá ser recuperado. Neste caso, você ainda pode registrar um Boletim de Ocorrência (B.O.) para tentar recuperar o valor, mas não é uma garantia.

Esse erro acontece quando os dados necessários para fazer as transferências e depósitos são digitados incorretamente.

Isso é mais difícil de acontecer quando a transferência é uma TED ou DOC, pois caso o CPF que você digitar não esteja de acordo com os números de agência e conta, o valor simplesmente volta para a sua conta. Assim, você só terá que fazer a transferência novamente, sem perder o valor.

Já no caso de transferências entre contas, a chance de enviar o valor para a conta errada é muito maior, já que não é necessário colocar nome e CPF, mas apenas números de agência e conta. Por isso, fique atento na hora de confirmar os dados antes de validar a transferência.

2. O dinheiro voltou para a minha conta

Se o valor que você transferiu voltou para a sua conta por algum erro de digitação, basta fazer a transação novamente com mais atenção no momento de informar os dados de agência, conta, nome e CPF do titular. Você pode verificar se foi isso mesmo que aconteceu observando o comprovante da transferência.

Já se você fez um depósito, fica mais difícil de recuperar o valor para refazer a transação bancária. Entre em contato com o atendimento ao consumidor do banco, explique a sua situação e saiba o que você precisa fazer para resolver a situação e realizar o pagamento.

Esse tipo de erro no depósito pode te prejudicar principalmente em pagamentos feitos no dia de vencimento, como um aluguel. Como você levará um tempinho para conseguir recuperar o dinheiro e fazer a transferência ou depósito novamente, você acabará perdendo o prazo e fazendo o pagamento em atraso, o que pode resultar em multa e juros.

3. Caiu um valor na minha conta que não é meu

Se você notou um crédito que não estava esperando e não conhece a pessoa que transferiu para você, reserve a quantia e não a gaste. Caso realmente tenha sido um engano, o dono do dinheiro e o banco vão procurar essa quantia, e se você gastá-la, pode ter problemas.

Além de não gastar o dinheiro, você também pode avisar a central de atendimento ao cliente sobre o erro.

4. O dinheiro não caiu na conta de destino e sumiu

Outro erro no depósito ou transferência que pode acontecer é o valor sair da sua conta ou ser realmente depositado, mas não chegar na conta de destino.

Caso você tenha feito um depósito em caixa eletrônico, procure saber qual é o tempo de compensação do banco da conta de destino. Às vezes, pode demorar um pouco.

Porém, se você viu que já passou o tempo de compensação e o valor ainda não caiu, pode ter acontecido algum problema. Entre em contato com o banco e diga que o valor não voltou para você, mas que também não caiu na conta de destino. Neste caso, só o banco poderá saber o que fazer para recuperar o valor.

É importante lembrar de sempre guardar o comprovante do depósito ou transferência. Na existência de algum problema, você terá como comprovar que realmente fez a transação e poderá cobrar alguma resposta do banco.

Depósito ou transferência: qual a diferença?

O depósito é feito em dinheiro ou cheque e deve ser feito em um banco ou caixa eletrônico. Com ele, o tempo para que o valor caia na conta de destino é maior, porém, não existe nenhuma cobrança para essa transação.

Assim, uma das formas de passar dinheiro para uma conta de um banco diferente do seu e não pagar tarifa é fazendo este tipo de transação bancária.

Descobrir que houve um erro no depósito vai demorar mais do que em outras situações, exatamente pelo tempo de compensação.

Já a transferência pode ser feita tanto por caixas eletrônicos e em guichês de atendimento no banco, como pelo internet banking e aplicativo. Trata-se de uma transação feita entre contas, seja do mesmo banco ou não, em que o dinheiro sai de uma conta e vai para outra.

O tempo de compensação da transferência é menor. O dinheiro pode cair no mesmo dia, como é o que acontece em transferências entre contas do mesmo banco e TEDs (Transferência Eletrônica Disponível), ou só no dia útil seguinte, como acontece em DOCs (Documento de Ordem de Crédito).

O erro em transferência pode ser identificado com mais rapidez, já que o tempo de compensação é menor. De qualquer maneira, a transação ainda exige atenção, a fim de evitar problemas de estorno ou a perda dos valores.

Você sabe qual é a diferença entre TED e DOC? Qual é a melhor para transferir os valores? Confira aqui!