Conta salário: tire 19 dúvidas comuns

Por:

Para

MercadoJá

A conta salário é uma conta que todo cidadão que trabalha em uma empresa pode ter. É a empresa contratante que solicita ao banco a abertura desta conta, e é nela que os pagamentos do trabalhador são depositados.

Esse tipo de conta é diferente da conta corrente e da conta poupança. Nele não há cobrança de taxas de manutenção e nem tarifas, porém, há um limite de serviços.

Confira agora as respostas para 19 perguntas comuns sobre a conta salário.

O que é a conta salário?

A conta salário é um tipo específico de conta que tem como principal função receber os depósitos de salário, pensões, férias, 13º e demais recebimentos a que um funcionário contratado tem direito.

Os depósitos feitos nesta conta só podem ser da empresa empregadora, que é a responsável pela abertura da conta para o funcionário. Assim, nela não é possível receber valores de outras pessoas, mas apenas da empresa onde o funcionário trabalha.

Como a conta salário funciona?

Diferente das contas corrente e poupança, a conta salário não pode ser movimentada tão livremente.

Só é possível receber depósitos da empresa empregadora. Além disso, você não tem direito a folhas de cheque, a cartões de crédito e nem a cheque especial. Com relação às transferências, você só pode transferir para outra conta que esteja no seu nome e deve passar todo o valor que recebeu.

Apesar dessas limitações, ela não tem taxas de manutenção e você pode movimentá-la por meio de saques e pagamentos com o cartão de débito.

Quais benefícios essa conta oferece?

O grande benefício de ter uma conta salário é que ela não tem tarifas de manutenção. Ou seja, você pode receber o seu pagamento todo mês em uma conta e não pagar para manter ele no banco.

Caso você não precise fazer transferências para contas de outras pessoas, essa conta é uma boa escolha, pois ela é gratuita e pode ser usada para fazer pagamentos e saques.

Quem pode ter uma conta salário?

Todo trabalhador contratado pode ter este tipo de conta. Porém, é a própria empresa empregadora responsável pela sua abertura. Assim, ela mesma pode solicitar ao banco a abertura da conta, ou pode entregar a você uma carta de solicitação para que você entregue ao banco.

Apesar disso, a conta ficará no seu nome, e você só poderá fazer transferências para outras contas que também estejam no seu nome.

Como abrir uma conta salário?

Ao ter convênio de conta salário com determinado banco, a empresa empregadora pode solicitar a abertura da conta para o seu funcionário.

Você deverá apresentar os seguintes documentos:

  • RG
  • CPF
  • Comprovante de residência atual

Você também terá que preencher a ficha de abertura com os seus dados pessoais.

A empresa é obrigada a abrir esta conta para todos os funcionários?

Não, não existe nada na lei que obrigue as empresas empregadoras a abrir a conta para os seus funcionários. Dessa forma, apenas as empresas que possuem um convênio com um banco que ofereça esse tipo de conta poderão abrir a conta salário para os seus trabalhadores registrados.

Posso escolher o banco onde vou ter a conta salário?

Não, pois a conta só poderá ser feita no banco com o qual a empresa empregadora tem convênio. Caso a empresa tenha convênio com mais de um banco, é possível que você possa escolher onde quer ter a conta. Caso contrário, você não poderá escolher.

Se você quiser, você pode pedir que o seu empregador faça o seu pagamento em outra conta, alguma que você já tenha, mas nada é garantido.

Ou ainda, você pode fazer a portabilidade de salário. Neste caso, você recebe os pagamentos pela conta salário criada, mas faz a movimentação pela conta que você prefere. Os valores são automaticamente transferidos para a outra conta e você não paga nada por isso.

Essa conta tem alguma tarifa? Se sim, quem paga?

A conta em questão não tem tarifas de manutenção e nem de portabilidade. Além disso, você recebe um cartão de débito, pode fazer cinco saques a cada recebimento e tem direito a duas consultas mensais de saldo ou extrato nos caixas eletrônicos sem ter que pagar.

Pagamentos de contas e feitos com o cartão de débito também não são cobrados, porém, as transferências de TED (Transferência Eletrônica Disponível) para contas de mesma titularidade podem ser cobradas de acordo com a tabela de tarifas vigente no banco. Neste caso, quem paga a tarifa é você, o usuário da conta.

Posso transferir o meu pagamento para outra conta?

Sim. Você pode fazer isso de duas maneiras: fazendo uma TED para uma conta que esteja no seu nome, ou fazendo a portabilidade.

Caso você faça a TED, saiba que você deverá transferir o valor integral recebido, não podendo transferir valores fracionados. Além disso, a conta não pode ser de outra pessoa, só sua.

Já a portabilidade é uma opção a se considerar. Se a conta salário não te atende pela limitação de serviços, você pode pedir a portabilidade para uma conta corrente ou poupança e fazer a movimentação normalmente. Os seus recebimentos serão transferidos automaticamente da conta criada para a outra conta, e esse serviço é gratuito.

Posso fazer a portabilidade do meu salário para uma conta poupança?

Sim, você pode fazer a portabilidade tanto para uma conta corrente como para uma conta poupança. E lembre-se: essa transferência é gratuita.

Na prática, a empresa continua depositando os seus recebimentos na conta salário que foi criada para você, porém, o valor é transferido automaticamente para a sua outra conta, a que vai receber a portabilidade. Assim, você consegue movimentar melhor o seu dinheiro.

Quais serviços estão inclusos na conta salário?

Nesta conta, você pode fazer cinco saques a cada mês, consultar seu extrato mensal ou o saldo duas vezes por mês, e ainda ter a primeira via do cartão de débito gratuitamente.

A partir do sexto saque e do terceiro extrato, você deve pagar a tarifa cobrada pelo banco, de acordo com a sua tabela de tarifas vigente.

É possível fazer a movimentação da conta pela internet?

Infelizmente, não. A movimentação não pode ser feita pelo internet banking, mas apenas pelos caixas eletrônicos ou em guichês de atendimento.

Posso ter uma conta salário com o nome sujo?

Sim, mesmo com o nome sujo, você não terá problemas para ter este tipo de conta. Como você não terá cheque especial, cartão de crédito ou outros tipos de crédito, você não representa nenhum risco ao banco. Assim, não há porque isso ser um impedimento para você.

O banco pode debitar valores de dívidas da minha conta?

Não. O débito só poderá acontecer com a sua permissão. Caso você não autorize, nenhum valor referente a alguma dívida poderá ser debitado.

O saldo desta conta pode ficar negativo?

Não. Você não terá cheque especial, por isso, não tem como ficar com o saldo negativo. Dessa forma, você só gastará os valores que realmente tem na conta.

Vale saber que, caso a sua conta salário esteja vinculada a uma conta corrente, é possível que esta última fique negativa. Por isso, fique atento!

Como fechar a conta salário?

Quem fecha esta conta, assim como quem solicita a sua abertura ao banco, é a empresa empregadora. Portanto, se você for demitido ou sair da empresa por qualquer outro motivo, certifique-se de que essa conta foi encerrada.

Preciso pagar para fechar a conta?

Não. Nenhuma tarifa é cobrada no encerramento da conta, e você não precisa pagar por nada.

É possível pegar um empréstimo com a conta salário?

Sim, desde que exista um convênio de empréstimo entre a empresa empregadora e o banco. Neste caso, é muito comum o empréstimo ser consignado e não pessoal, o que significa taxas de juros mais baratas.

Você também pode tentar pegar um empréstimo pessoal no banco, porém, terá que pagar mais caro pelo crédito.

Conta salário ou conta corrente?

A conta salário é uma conta mais limitada se comparada à conta corrente. Com ela, não é possível fazer transferências para contas de outras pessoas, no entanto, é uma conta mais barata. Não há tarifas de manutenção, nem de pacotes de serviços, e ainda dá para fazer pagamentos pelo caixa eletrônico e com o cartão de débito.

A conta corrente, por sua vez, tem mais serviços, como folhas de cheque, cheque especial, e a possibilidade de transferir qualquer valor para qualquer conta, mesmo que não seja gratuito.

Dessa forma, para saber qual vale mais a pena para você, saiba quais os serviços que você mais utiliza no mês e veja se compensa pagar para ter mais serviços, ou se você consegue fazer apenas as transações permitidas sem pagar nada por isso.

Pensando em pegar um empréstimo? Use o nosso comparador e saiba onde encontrar o melhor crédito para você!