Como pedir cartão de crédito: confira os documentos necessários

Por:

Para

MercadoJá

De repente, por conta própria ou por meio de amigos, você descobre as vantagens de ter um cartão de crédito! O futuro parece promissor: com essa forma de pagamento, você terá até 40 dias para pagar por uma despesa, poderá fazer compras parceladas e ainda pode ter uma série de benefícios exclusivos. Saiba aqui como pedir seu cartão de crédito.

Fatores como o maior alcance da internet e a chegada dos bancos digitais tornaram o processo de solicitação muito mais rápido e prático. No MercadoJá, por exemplo, você faz o pedido pela própria plataforma e, em alguns casos, a aprovação é online. Mesmo assim, muitos consideram o procedimento burocrático e ficam surpresos com a quantidade de documentos necessários. Para acabar com suas dúvidas, explicamos melhor como é feita a análise do pedido e do que você precisa para pedir o cartão de crédito.

Cartão de crédito: uma questão de confiança

Quando você usa o cartão de crédito é como se o emissor emprestasse um dinheiro a você.

Algumas palavras e expressões se tornam tão comuns no dia a dia que a gente acaba esquecendo o significado delas. Um bom exemplo é o termo cartão de crédito. De acordo com o dicionário Michaelis da Língua Portuguesa, a palavra crédito quer dizer, entre outras coisas: confiança, boa reputação, adiantamento financeiro ou importância emprestada. E é exatamente a mistura disso tudo que o cartão de crédito é.

Ao disponibilizar esse tipo de cartão, as instituições financeiras antecipam, na forma de compras, determinado valor a seus clientes. Para isso, elas precisam ter a garantia de que, ao chegar no dia de vencimento da fatura, elas vão receber o total dos gastos.

Como, nem sempre, dá para contar só com a palavra do cliente, elas recorrem a bancos de informações públicas. Entre eles, estão o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), que tem dados sobre crédito de pessoas físicas e pessoas jurídicas enviados pelas Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDL) e o Serasa, alimentado por lojas, bancos e financeiras.

Em outras palavras, é a partir das suas informações, juntamente com essas consultas, que as instituições decidem se vão ou não confiar em você como bom pagador. Ainda, é a partir disso também que elas definem também o valor que estão dispostas a emprestar para você a cada mês.

Documentos necessários para fazer cartão de crédito

Não precisa revirar as gavetas. Os documentos necessários para pedir cartão de crédito são do dia a dia.

Pode parecer muita informação, mas é a mesma lógica quando alguém pede dinheiro emprestado para você. Em quem você está mais disposto a confiar: alguém que conhece, sabe onde mora e o que faz da vida, ou um completo desconhecido?

Você precisa ter alguma garantia de que, caso a pessoa não cumpra com a palavra, no mínimo você saberá onde e como procurá-la! É por isso que, para pedir um cartão de crédito, são necessários os documentos a seguir.

Documento de identidade e CPF

Aqui, pode ser sua carteira de identidade com seu número de RG ou outro documento oficial com foto onde consta essa informação — passaporte, carteira de trabalho ou profissional emitida pelo conselho nacional, por exemplo, a da OAB, no caso dos advogados, ou CRM, para médicos.

Quanto ao CPF, você pode apresentar aquele cartão azul ou, de novo, algum documento que apresente esse número. Por isso, muita gente prefere enviar a carteira de habilitação, onde estão RG e CPF no mesmo lugar.

É importante que qualquer um desses documentos esteja dentro do prazo de validade. E na hora de digitalizá-los, não esqueça de apresentar frente e verso de cada um deles.

Comprovante de residência

Para provar o endereço atual onde mora, são aceitas contas de consumo, como água, energia elétrica ou telefone. Ah! E lembra que o objetivo deste documento é mostrar para a instituição onde ela pode procurar por você? Por isso, as contas devem ser, de preferência, do último mês ou, no máximo, de algum dos três meses anteriores.

Comprovante de renda

Como dissemos antes, além de ter suas referências pessoais, os emissores de cartão de crédito precisam ter também certeza de que vai pagar a fatura das compras que realizou. E há várias formas de provar isso, dependendo da sua ocupação profissional no momento, confira qual delas se encaixa ao seu caso:

  • Autônomo ou desempregado: extrato bancário dos últimos 3 meses.
  • Funcionário público ou empregado formal do setor privado: holerite ou contracheque.
  • Empresário com sócios: pró-labore.
  • Empresário individual: imposto de renda do último exercício.
  • Aposentado e pensionista: extrato do INSS.

Lembrando que a maior parte das instituições financeiras pede os documentos dos 3 meses anteriores. Isso dá a elas uma ideia da sua estabilidade, garantindo não se tratar de uma movimentação atípica.

Como pedir cartão de crédito por meio do MercadoJá

Até aqui, tudo bem simples, né? E quanto mais organizados e precisos estiverem esses documentos, mais fácil e rápido é para aprovarem seu pedido.

Para pedir seu cartão de crédito por meio do MercadoJá, é preciso apresentar os mesmos documentos. A diferença é que, na hora de escolher, você tem acesso a informações de vários cartões de crédito, o que permite comparar e tomar a melhor decisão.

Escolhido o cartão, basta preencher os dados solicitados. Em alguns casos você será direcionado ao site do parceiro para finalizar sua proposta. Depois disso basta aguardar a análise de crédito e a resposta do parceiro, simples assim!